quarta-feira, 28 de junho de 2017
Home / Artigos / Guia de criação de cartas: Raras e além

Guia de criação de cartas: Raras e além

Após você ter conseguido criar as TOP 10 cartas neutras comuns é hora de correr atrás das Ratas mais interessantes. A lista a seguir contém as Raras Neutras, Épicas e Lendárias que tem lugar na maior parte dos decks e que terão possibilidade de serem encaixadas em muitos dos seus decks futuros. Como vocês já devem saber, a quantidade de Pó Arcano para criar uma carta Rara é 100, para uma carta Épica é de 400 e para uma carta Lendária é de 1600. Mesmo que as Lendárias sejam muito boas, é melhor começar pelas Raras, pois possuem o melhor custo-benefício para o seu Pó Arcano.

  •  Argent Commander

Esta é sem sombra de dúvidas a melhor carta Neutra Rara do jogo no momento. Você pode utilizar essa carta em 98% dos seus decks (sendo Hunter os 2% que faltam) e em cada um desses decks essa carta será brilhante. Pelo custo de apenas 6 de mana, você consegue uma criatura com Investida e Escudo Divino que sempre irá mudar os planos dos seus oponentes. Ele será obrigado a trocar 2 cartas por ela toda vez que você jogar esta carta, e assim você conseguirá uma pequena vantagem no jogo. Ele se tornou muito forte quando depois do patch – quando jogadores estavam a procura de cartas para derrotar os Priests, que era o melhor deck naquele momento – e a não ser que algum patch futuro mude essa carta drasticamente, ela continuará sendo uma das melhores cartas em Hearthstone.

184px-Defender_of_Argus

 

  • Defender of Argus

Esta é outra criatura que você irá colocar em quase todos os seus decks. Assim como Argent Commander, ele da muito valor pela mana que custa. Toda vez que você o jogar, você estará mudando o jogo a seu favor. Ele buffa 2 de suas criaturas com +1/+1 (+1 de ataque e +1 de defesa) dando a você 5 de ataque e 5 de defesa e 2 criaturas com Provocar por apenas 4 de mana. Uma oferta irrecusável.

 

  • Knife Juggler

Este pequeno companheiro será um pesadelo para seus oponentes caso eles não consigam destruí-lo assim que ele entrar no campo de batalha. Cada criatura que você jogar depois dele causará 1 de dano aleatoriamente ao seu oponente podendo ser diretamente a ele ou a qualquer uma de suas criaturas que estejam em jogo. Mesmo que o alvo do Knife Juggler seja escolhido aleatoriamente, o valor que ele tem é ótimo. Ele é especialmente bom com criaturas que vem com seus amigos (Defias Ringleader e Argent Squire, estamos falando de vocês)

No momento, esta carta é extremamente boa nos decks de Paladin e Rogue mas ela também é boa em quase todas as outras classes, sendo o Priest a exceção. Esta é uma carta que requer uma resposta imediata do seu oponente, e se essa resposta não vier você estará obtendo a liderança na partida.

 

  • Azure Drake 

Outra ótima criatura para o meio do jogo. Assim que ele entra em jogo você compra uma carta e ainda coloca na mesa uma carta com um bom ataque e defesa. O bônus do spell damage é muito útil em quase todas as classes = desde Paladins e Warriors, até mesmo Rogues e Shamans e também aqueles decks de Controle e de Burn como Priests e Mages. Nenhuma dessas classes pode recusar um dano extra em seus feitiços. Este dragão adicionará grande valor aos seus decks por isso não hesite de criar esta carta o mais cedo possível.

 

  • Twilight Drake 

O segundo dragão na lista, entretanto não é uma escolha tão forte ou óbvia como o Azure Drake. o Twilight Drake é ótimo nos decks mais lentos e de Controle que sempre terão o objetivo de ter bastante cartas na mão. Se ele entrar em batalha com mais de 5 de defesa, o seu oponente terá um grade problema para destruí-lo e possivelmente irá gastar uma boa quantidade de recursos para isso. Assim como o jogador Kripp nos mostrou no torneio realizado pela Blizzard durante a Blizzcon, nos decks certos – diga-se decks de Controle de Priest ou até mesmo em decks de Controle de Mages e Shamans – esta criatura é ótima. Se esse é o seu estilo de jogo, vá em frente e adicione ele ao seu deck.

 

 

 

 

  •  Sunfury Protector

A Sunfury Protector é a irmã pequena do Defender of Argus. Ela vem com a metade do custo e não possui a habilidade de buffar as criaturas com 1 de ataque e 1 de defesa como o Argus, mas isso não quer dizer que ela não seja uma boa carta. Ela não só é uma carta sólida pelos seus status 2/3 para o seu custo de mana que é 2,  como ela também possui a habilidade de dar Provocar, o que lhe dá muito valor. Esta carta se encaixa muito bem em decks mais lentos que buscam mais o fim do jogo e que a única missão é sobreviver até esse estágio do jogo. Entretanto o seu potencial total só venha ser utilizado quando jogado por volta do turno 4 ou mais tarde, fazendo assim um bom uso da habilidade de dar Provocar a outras criaturas.

 

  • Imp Master

Esta criatura não é tão universal como as listadas a cima, mas ela pode trazer grande valor a alguns decks. Paladins, Priests e Shamans pode causar muito dano com ela se eles conseguirem mantê-la viva tempo suficiente. Para uma diversão extra, combine esta carta com o Knife Juggler.

 

  • Injured Blademaster

Outra carta que é mais específica para alguns decks – assim como o jogador Artosis mostrou no torneio da Blizzcon – pode se tornar uma grande ameaça se não for imediatamente destruída. Priests podem curá-lo totalmente e Warriors podem usar o fato de que ela já sofreu dano para usar a carta Battle Rage para comprar mais cartas ou até mesmo buffar ela com a carta Rampage. Mesmo fora essas duas classes, a Injured Blademaster oferece um bom ataque e defesa pelo seu custo de mana, se você precisar de uma carta de custo 3 de mana agressiva, ela é uma das melhores.

 

 

Por quê não separar uma seção para as cartas Épicas Neutras? Pelo simples fato delas serem ruins. Com a exceção da Faceless Manipulator que é a única carta que efetivamente copia outra e que pode ser utilizada em qualquer deck. Todas as outras cartas servem a propósitos mais específicos de certos decks. A carta The Big Game Hunter é uma boa carta para se ter, entretanto você não precisará dela até estar jogando competitivamente nos torneios. E os Gigantes também são bastante inflexíveis: Molten Giant são utilizados em alguns decks de Warriors e Warlocks, mas muito raramente; o Sea Giant é uma carta que pode suprir a necessidade de resposta quando estiver enfrentando um deck de agro com muitas cartas de baixo custo, e que geralmente destruirá você antes mesmo de você conseguir colocá-lo no jogo; e o Stone Giant, que supostamente seria uma carta boa para decks que visam o estágio mais final do jogo é pior do que outras cartas que possuem a mesma finalidade por serem menos funcionais.

Por isso pulamos para as Lendárias!

 

 

 

  • Ragnaros

Esta é a primeira Lendária que você deverá criar no jogo. Ele possui a habilidade única de causar dano ignorando cartas com Provocar, tanto no oponente como em suas criaturas. Entretanto o alvo do Ragnaros é aleatório, e por esse fato você buscará utilizar essa carta quando você tiver um certo controle sobre o jogo ou quando o seu oponente estiver sem criaturas na mesa. A habilidade dele é ativada ao fim dos seus turnos, dando então a certeza de que ele causará 8 de dano pelo menos.

Agora o mais importante sobre o Ragnaros é que cartas com a habilidade de Silenciar inimigos não irão pará-lo. Se o seu oponente silenciar o seu Ragnaros você terá uma parruda criatura com 8 de ataque e defesa para destruir o seu oponente no seu próximo turno. E é por isso que esta carta serve para a maioria dos decks existentes. Já tendo visto essa carta em decks de Priests, Rogues, Druids, Mages e etc pelo simples fato dele ser uma carta extremamente efetiva para os estágios finais do jogo. E se você possuir os recursos para criar uma lendária, pode criar esta sem medo, você não irá se arrpender.

 

 

 

  • Ysera

Ysera é a segunda na lista das Top Lendárias.  Ao final de cada um de seus turnos, Ysera lhe dará uma carta do seu “deck dos sonhso”, que é repleto de cartas extremamente eficientes. E depois disso se seu oponente não tiver uma resposta para ela, ela mudará o jogo ao seu favor muito rapidamente. Um turno 8 Ragnaros e turno 9 Ysera é uma das coisas mais mortais que você pode fazer com seu oponente em Hearthstone. Os melhores decks para Ysera são os decks de controle.

 

  • Bloodmage Thalnos

Esta é a menor criatura Lendária, mas certamente não é a mais fraca. Pense nele como uma combinação das cartas Loot Hoarder e Kobold Geomancer. Ele lhe dará uma carta caso morra e enquanto estiver vivo irá conceder 1 de dano para suas cartas de feitiços. Ele não é a carta mais agressiva para o custo de mana que é 2, mas ele com certeza é uma das mais úteis. Você pode utilizá-lo em quase todos os tipos de decks, entretanto a sua maior utilidade é em decks de Rogues, Mages e Shamans.

 

  • Sylvanas Windrunner

Ela não é uma das minhas Lendárias favoritas, entretanto eu posso entender o seu charme.  Muitos dos melhores jogadores adoram essa carta e colocam ela na maioria de seus decks. Na teoria ele é uma ótima criatura que troca pelo menos 2 cartas do seu oponente por ela.  O meu problema com ela é que ela pode ser facilmente contornada tendo em vista que todos os tipos de Silenciar são extremamente forte contra ela. Se seu oponente não conseguir dar uma resposta a ela, Sylvanas então se torna muito boa, porém eu duvido que muitos jogadores no rank de Master+ irão deixar essa carta sem uma resposta. Não me entenda mal, ela é uma boa carta para 5 de mana e ela irá ser bastante útil para você, mas não existe motivo para criar essa Lendária antes das descritas mais a cima.

 

 
 

Fonte: http://www.gosugamers.net

Sobre Bruno

Veja Também...

A arte do Mulligan

Então, o que significa Mulligan? O termo é original do Golf, que se refere a …

Substitutos das Lendárias

Em um mundo perfeito nós todos teríamos todas as cartas de Hearthstone. Todas seriam douradas. …