quarta-feira, 13 de dezembro de 2017
Home / Artigos / Termos de Hearthstone

Termos de Hearthstone

para postsFala aí galera, como muitas pessoas pediram para colocarmos mais conteúdo que ajude os jogadores no início do jogo, que faça com que eles conheçam tudo o mais rápido possível a respeito do jogo, estaremos então mostrando os termos mais comuns e utilizados em Hearthstone. Estarei colocando os termos em Inglês e com a sua tradução para o Português, mas vocês possivelmente vão escutar mais o termo em Inglês mesmo.

TERMOS GERAIS:

– Board Wipes (Clear): Significa Limpar a Mesa. Cartas como Consagração, Nevasca ou Golpe Flamejante ou seja, cartas que causam dano em todos os lacaios do seu inimigo. Limpando assim a mesa do seu inimigo para obter uma vantagem.
– Burn: Significa Queimar. Esse termo é muito comum em decks de agro, mais rápidos, que visam causar muito dano em pouco tempo. Esse é o conceito do Burn, é causa muito dano rapidamente ao seu oponente.
– Cicle: Significa fazer o seu deck “andar” mais rápido, utilizando cartas que tem a habilidade de fazer com que você compre mais cartas. Um bom exemplo de carta para deck Cicle é a Engenheira Novata.
– Curve: Significa Curva de Mana. Esse termo é utilizado para se discutir a curva de mana de um deck, Cada tipo de deck terá uma curva de mana diferente.
– Synergy: Significa Sinergia. A explicação mais simples para sinergia é a seguinte: Um conjunto de cartas que quando utilizadas em conjunto se tornam uma grande ameaça.
– Ping: Significa pingar. Quando você causa apenas 1 ponto de dano. Como por exemplo o poder heroico do Mago.
– Top Deck: Significa pegar a carta de cima do seu deck. Quando você ou seu oponente acabam de comprar uma carta extremamente eficiente para a situação atual do jogo, isso é o chamado Top Deck.
– Ramp: Significa ganhar recursos para utilizá-los no futuro. Uma boa utilização desse termo pode ser a Classe Druida, pois ela possui cartas que lhe concedem recursos para serem utilizados no próximo turno. Essa função dará a possibilidade de jogar mais cartas, pois você terá mais recursos (Cristais de Mana). “A Moeda” a carta que recebe o jogador que sai em segundo é em sua essência uma carta para Ramp.
– Stall: Significa segurar o máximo o jogo. Segurando o jogo, mantendo o controle da mesa o máximo possível para que você possa atingir um determinado ponto do jogo onde você tem cartas mais fortes.

CONCEITOS:

 Aggro e Control: É o conceito de decks de Agressividade e Controle. Decks de Agro buscam destruir seu oponente o mais rápido possível e muitas vezes ignorando a mesa do seu adversário. Decks de Controle buscam ter a vantagem nas cartas e na mesa, controlando sempre a quantidade de lacaios e o dano sofrido e nesse meio tempo ir causando dano ao seu oponente.
– Card Advantage: É o tão falado conceito sobre vantagem de cartas. Em qualquer jogo de cartas esse conceito é um dos mais importantes, pois mesmo que a sua mesa esteja menos populada que a do seu oponente, se você possui a vantagem das cartas você terá mais opções para remover as ameaças do seu adversário e colocar ameaças a seu favor. Por essa razão eu sempre bato na tecla do Valor das Cartas, busque sempre utilizar em seus decks cartas que troquem por duas de seu oponente, utilizar cartas que tenham a habilidade de fazer com que você compre mais cartas e buscar otimizar suas trocas de lacaios para obter essa Vantagem de Cartas.

TIPOS DE DECKS:

– Aggro: São decks agressivos que buscam sempre destruir o seu oponente o mais rápido possível. São decks que partem para o tudo ou nada, pois após o início do jogo e meio do jogo eles tendem a perder sua força e serem facilmente controlados.
– Control: São decks que buscam controlar a mesa e quantidade de cartas. Os decks de controle buscam sobreviver aos turnos iniciais e se estabelecer na mesa, removendo lacaios do inimigo e colocando ameaças. São decks normalmente muito fortes do fim do jogo com cartas como Ragnaros ou Ysera. São decks normalmente com muitos feitiços e poucos lacaios.
– Midrange: São decks que buscam sempre obter a vantagem através de trocas bem sucedidas, com lacaios que buffam ou tem a possibilidade de trocar sempre por duas cartas de seu oponente, como o Comandante Argênteo.  Decks de Midrange são por vezes confundidos com decks de Controle, porém uma vez que você entende a diferença fica fácil distingui-los. Decks de Midrange tem que se adaptar contra outros estilos de deck, por exemplo: Contra decks Agressivos, um deck Midrange tem que jogar como Controle. E contra um deck de Controle o deck de Midrange tem que ser mais Agressivo.
– Combo:  São decks que dependem de um conjunto de cartas para criar um combo e destruir o seu oponente. Um bom exemplo é o atual deck de Guerreiro (OTK – one turn kill) ele utiliza uma combinação de cartas para causar um dano devastador em apenas um turno. Mas combos podem ser utilizados por quase todas as classes. Os Sacerdotes por exemplo possuem o combo do Espírito Divino, utilizando um lacaio com uma Vida alta e aumentando ela ao máximo e então fazendo com que ele fique com o Ataque igual a sua Vida, criando assim um lacaio extremamente poderoso. Em sua essência são decks que preparam o terreno para utilizar então um conjunto de cartas que trarão grande ameaça ou até mesmo ganhar o jogo para você em alguns turnos.

Esses são alguns dos termos mais comuns de Hearthstone. Com essas explicações você conseguirá entender um pouco melhor o que todos do meio do Hearthstone estão querendo dizer.
Essa lista não é completa, são apenas os termos mais comuns e utilizados.

Sobre Bruno

Veja Também...

A arte do Mulligan

Então, o que significa Mulligan? O termo é original do Golf, que se refere a …

Substitutos das Lendárias

Em um mundo perfeito nós todos teríamos todas as cartas de Hearthstone. Todas seriam douradas. …