quarta-feira, 20 de setembro de 2017
Home / Artigos / Top 5 Lendárias de Classe

Top 5 Lendárias de Classe

para posts
Quando nós fazemos uma lista das melhores lendárias, existe uma série de fatores para se levar em consideração. A verdade é que, a maioria das cartas Lendárias de Classe não são boas (pelo menos no momento) como a Sylvana, por exemplo. E algumas nem chegam perto do Ragnaros. Mas algumas são realmente boas, mas não na meta atual. Quais são as melhores cartas Lendárias de classe então e quando devo criá-las? Essas perguntas são, ao meu ver, amplamente inexploradas. Ranqueamentos são sempre definidos pelo opinião de quem o está fazendo e achei que deveria dividir com vocês, junto com o critério que utilizo para dar valor as cartas.

Lendárias que são ótimas, são aquelas que vão ser úteis na maioria das vezes. Sempre existirão situações em que utilizar a Lendária não será a melhor jogada a ser feita, mas uma Lendária TOP deve ser boa para a maioria das situações. Essa é a principal razão por eu colocar a Sylvana e o Ragnaros na frente do O Cavaleiro Negro. O Cavaleiro Negro é uma Lendária fantástica, porém existem situações em que ele é apenas uma carta 4/5 com custo gigante de mana.

Ótimas Lendárias são aquelas que lhe dão um retorno no momento em que é jogada ou lhe permitem mana suficiente para utilizá-las junto a outras cartas no mesmo turno. Parte do que faz o Ragnaros ser tão bom, mesmo na meta atual em que quase TODOS os jogadores estão utilizando o Caçador Profissional, é o fato dele causar 8 de dano antes que seu oponente consiga fazer algo contra ele. O mesmo pode ser levado em consideração para lacaios que possuem a mecânica da Investida. Você sempre conseguirá algo do Al’Akir, o Senhor do Vento, do Grommash Grito Infernal e do Rei Mó.

E para finalizar, ótimas Lendárias devem oferecer algo a mais de valor. Sylvana, se jogada corretamente, exige muito esforço do seu adversário para removê-la. Você não pode apenas destruí-la normalmente, porque ela roubará algo. Silenciá-la não muda o fato de que ela ainda é um lacaio 5/5, capaz de infligir um dano respeitável. O mesmo se aplica ao Tirion Fordring, a minha carta Lendária de Classe favorita. Ele vem com Escudo Divino e Provocar, além de ser um lacaio 6/6 e quando destruído você ainda equipa uma Arma com 5 de Ataque e 3 de Durabilidade. Isso é muita coisa, mesmo considerando o alto custo de mana, 8.

Critérios explicados, vamos então as TOP 5 Lendárias de Classe:

TirionFordring11. Tirion Fordring
Eu mencionei isso anteriormente, mas o Tirion Fordring traz consigo um imenso retorno ao investimento feito nele. Se silenciado ele ainda é um lacaio 6/6, e não pode ser destruído pelo Caçador Profissional. Ele requer muito esforço do seu adversário para ser removido, e uma vez destruído, você receberá uma grande Espada para resolver seus problemas. Se você pretende utilizar decks de Paladino seriamente, eu digo crie uma Sylvana primeiramente e corra então para o Tirion Fordring.

Cenarius2. Cenarius
Antes do início do beta de Hearthstone, eu achava que os Druidas seriam incrivelmente poderosos por causa da sua grande versatilidade. Devido ao surgimento do deck de Controle de Druida, eu me sinto muito bem por causa daquela previsão. Cenarius traz consigo duas grandes opções. Se você precisa de alguma defesa, coloque-o em jogo junto com dois lacaios com Provocar 2/2. Se você estiver precisando daquele dano adicional para finalizar o adversário, utilize o buff que ele proporciona e corra para a jugular do seu inimigo.

Nove de mana é um custo salgado de mana, mas o Cenarius é extremamente forte e tem uma Vida muito boa, assim como o Tirion, está logo à baixo da marca do Caçador Profissional. Essa carta lhe concede um valor instantâneo e pode ser utilizada em praticamente TODOS os decks de Controle de Druida. Agora quando criá-lo já é uma decisão mais difícil. Eu não o colocaria à cima de cartas mais populares como Sylvana e Ragnaros, mas ele é, definitivamente, uma Lendária que vale a pena ser criada.

KingKrush13. Rei Mó
Eu devo a esse dinossauro um pedido de desculpas. Eu nunca o levei muito em consideração, mas o vendo em vários dos meus jogos ultimamente, estou disposto a mudar de ideia. Ele nada mais é em sua essência que um Ragnaros por 1 a mais de mana, mas com a habilidade de direcionar aonde irá o seu dano. Essa flexibilidade carrega consigo uma certa desvantagem contra lacaios com Provocar e feitiços como Sacrifício Nobre e Redirecionar, mas no entanto, esses são riscos que valem a pena correr. Ele é um fantástico lacaio para fechar um jogo e pode ser utilizado na grande maioria dos decks de Caçador. Se você realmente deseja utilizar um Caçador seriamente, eu indico criá-lo logo após a Sylvana.

GromHellscream4. Grommash Grito Infernal
Existe uma similaridade óbvia entre o Grommash e o Rei Mó. A diferença é que, o Rei Mó entra em jogo e causa impressionantes 8 de dano, sem depender de nada. Enquanto Grommash tem acesso a ferramentas que podem fazer com que seu dano seja superior, ele depende de cartas para fazer combos, e essa dependência faz dele um pouco menos confiável que o Rei Mó. Dito isso, cartas como Raiva Interior e Capataz Cruel podem tornar Grommash absurdamente forte, assim como o jogador Artosis mostrou ao mundo durante a final do torneio que a Blizzard teve durante a BlizzCon do ano de 2013.

A decisão de quando criá-lo é difícil. Mesmo com a mecânica de “Um turno Kill” sendo muito utilizada por Guerreiros no momento, o seu potencial total ainda parece desconhecido. Eu gosto bastante do Grommash, mas não sei dizer quando criá-lo de fato.

ArchmageAntonidus5. Arquimago Antônidas
Eu amo esta carta. Eu consegui utilizá-lo na Arena algumas vezes e ele pode ser mortal com a preparação correta. Por essa mesma razão ele não está mais à cima nessa lista. Ele pode ganhar o jogo para você, mas é muito circunstancial e depende muito também do que resta na sua mão e deck. Idealmente você deve utilizá-lo junto com Mísseis Arcanos, Seta de Gelo, Lança de Gelo, em resumo feitiços de baixo custo de mana. Você busca com isso gerar a carta Bola de Fogo e então utilizá-las para ganhar o jogo nos próximos turnos. O problema é que se você já estiver em dificuldade em um jogo você terá utilizado os feitiços com baixo custo de mana para se manter vivo ou para ter uma melhor posição na mesa.

No que diz respeito de quando criá-lo, o Arquimago Antônidas estaria bem na parte de baixo da minha lista. Eu criaria primeiro Sylvana, Leeroy, Mago Sangrento Thalnos, Ragnaros e até mesmo Malygos antes dele. Mas se eu tivesse 1600 pós sobrando eu definitivamente o criaria.

 

Fonte: Blizzpro

Sobre Bruno

Veja Também...

A arte do Mulligan

Então, o que significa Mulligan? O termo é original do Golf, que se refere a …

Substitutos das Lendárias

Em um mundo perfeito nós todos teríamos todas as cartas de Hearthstone. Todas seriam douradas. …